11 94308-9396
11 99356-0677
11 99710-5903
11 96116-8080
SIGA-NOS
Formulário de Contato

Odontologia Estética

Odontologia Estética
A odontologia estética tem por finalidade deixar o sorriso mais harmônico e bonito. Novas tecnologias aliadas a experiência e habilidade do cirurgião dentista, fará de forma concreta e perfeita o desenho do seu novo sorriso. As pessoas procuram a odontologia estética por várias razões. Algumas simplesmente querem parecer mais jovens. A odontologia estética é como uma plástica dentária que pode "reverter" de forma rápida o processo natural de envelhecimento dos dentes.

Pessoas que tiveram os dentes feios a vida inteira e sempre souberam disso, raramente sorriem, e isso pode esconder o aspecto mais caloroso de suas personalidades. A odontologia moderna oferece uma grande variedade de opções de tratamento para pessoas que buscam melhorar seus sorrisos.

As opções variam de facetas de porcelana a aparelhos. Em muitos casos, é necessária uma combinação de técnicas para atingir os melhores resultados.

Outros Tratamentos:

  • Botox para o Bruxismo


    Para o briquismo ou bruxismo, a toxina vem ajudando os pacientes que sofrem por apertar ou ranger os dentes durante o dia ou a noite. A toxina é injetada nos dois lados no músculo masseter, principal musculo da mastigação e diminuir a sua potência e o estímulo para o bruxismo.

    Juntamente a esse musculo também se aplica para equilíbrio de forças no musculo temporal em ambos os lados. Vem apresentando resultados surpreendentes mesmo porque é um tratamento bastante novo. Outro uso da toxina é no tratamento das dores orofaciais e problemas e disfunções da articulação têmporo mandibular - ATM.
     
    Botox para o Sorriso Gengival
    Para os pacientes que sempre buscam melhorar o sorriso, a toxina pode ajudar ainda mais. Pessoas que mostram demasiadamente a gengiva - sorriso gengival - têm outra opção hoje ao invés da cirurgia. Paralisando o músculo responsável pelo levantamento do lábio superior de ambos os lados, vamos ter uma menor exposição da gengiva. O bloqueio químico não deixa sensação de anestesia ou face paralisada. A toxina botulínica na odontologia estética.
      
    A toxina botulínica pode também ser usada nos seguintes casos
    1) Diminuir a potência mastigatória em casos de implantes, enquanto se está esperando o tempo de osteointegração;
    2) Corrigir sorrisos assimétricos ou tortos;
    3) Dores orofaciais de origem muscular;
    4) Problemas com bruxismo e ATM;
    5) Assimetria de face.
    6) Paralisia facial unilateral 

    A toxina botulínica é usada para fins terapêuticos e estéticos há vários anos. Muito usado pela dermatologia na correção de rugas de expressão, flacidez, assimetrias faciais e em casos de sudorese excessiva. Botox, utilizado para fins médicos, é o nome comercial dado à toxina botulínica que é um complexo proteico purificado, de origem biológica, obtido a partir da bactéria Clostridium botulinum que possui um sorotipo reconhecido cientificamente por proporcionar maior duração de efeito terapêutico. A toxina botulínica é uma substância capaz de interferir na contração da musculatura, relaxando os músculos suavizando as linhas de expressão. Por esse motivo também é utilizado na odontologia pra amenizar a dor. Atualmente esta toxina é uma grande aliada dos cirurgiões dentistas em variados tratamentos odontológicos especialmente contra dores crônicas e como solução para tratamentos e cirurgias de correção de sorriso gengival.
     
    Qual a eficácia do tratamento?
    O produto é responsável por recuperar marcas do envelhecimento. Ele atua principalmente nas rugas dinâmicas, ou seja, aquelas que se formam com a ação dos músculos faciais. É aplicado com finas agulhas e está se tornando cada vez mais comum na medicina estética. A ciência também vêm avançando e tornando esta substância cada vez melhor e mais confiável. A aplicação de toxina botulínica é um tratamento estético minimamente invasivo indicado para o rejuvenescimento facial através do bloqueio da contração dos músculos da face que formam as rugas. A toxina botulínica previne que as rugas de expressão, que se formam durante o movimento do rosto, se tornem marcas profundas. Ele suaviza as rugas dando uma aparência jovial e “descansada”.
     
    Em quais regiões pode ser aplicado?
    A toxina botulínica é comunmente aplicado no rosto, os locais com os melhores resultados são a região dos olhos nos “pés de galinha” e na fronte (testa e entre as sobrancelhas). Rugas e marcas excessivas entre as sobrancelhas, àquelas que conferem um aspecto de zangado. Outros locais são o pescoço e próximo à boca. Leia mais sobre o uso estético do botox.

    Botox e preenchimento são a mesma coisa?
    Não, são procedimentos totalmente diferentes com indicações também diferentes. A toxina botulínica atua no relaxamento dos músculos onde é injetado, o preenchimento é responsável por conferir volume, indicado para o tratamento de rugas mais profundas e cicatrizes. Os dois tratamentos podem ser complementares, isso é uma tendência na estética, o uso de técnicas complementares. Não há nenhum tratamento que se compare ao efeito da toxina botulínica, no que diz respeito à disfarçar rugas. Os outros métodos são importantes, estimulam colágeno e a renovação celular, mas eles complementam a ação da toxina e vice-versa. Porém nenhum outro atua no músculo.

    Existem tipos diferentes de rugas?
    Sim, são as dinâmicas e as estáticas. Cada tipo têm um tratamento diferente. As rugas dinâmicas são causadas pela ação dos músculos faciais, visíveis somente com o rosto em movimento (quando rimos, choramos ou fazemos alguma expressão), também conhecidas como rugas de expressão. As estáticas são aquelas rugas geralmente mais profundas e permanentes, pois são visíveis com o rosto mesmo em repouso. São decorrentes do envelhecimento intrínseco (previsível e progressivo) em combinação com a ação de agentes externos (exposição ao sol, vento, fumo, poluição), mas também podem ser uma evolução das rugas dinâmicas não tratadas, que pioram e se acentuam com o passar do tempo.

    O efeito da aplicação é imediato?
    O efeito não acontece na hora, ele começa a partir de 48hrs, na maioria das pessoas. Com 7 dias já se tem quase todo o resultado. O efeito pleno acontece por volta do 15º dia, quando o dermatologista normalmente pede para reavaliar.

    O efeito é permanente?
    Não, o efeito começa a diminuir com, em média, 3 a 4 meses após a aplicação. Após aproximadamente 6 meses a aplicação deve ser repetida.
     
    Quais as contra-indicações?
    As aplicações de Botox são contra-indicadas durante a gravidez, amamentação ou em pessoas com doenças autoimunes (em que anticorpos atacam células sadias do corpo), doenças neurológicas e que afetam os músculos; alérgicos à proteína do ovo e que estejam fazendo uso de medicamentos com aminoglicosídeo.

    Quando o envelhecimento estiver muito avançado, continua sendo eficaz?
    Nos casos mais suaves e intermediários, atua de maneira preventiva; nos mais avançados atenua as rugas estáticas já instaladas e previne a formação de novas, assim como a melhora do aspecto geral da pele e do semblante como um todo. Porém, as peles muito envelhecidas geralmente apresentam um grau de flacidez alto, sendo assim a ação da toxina pode trazer um relaxamento dos músculos de sustentação da pele que pode ser prejudicial.

    Dores, inchaços, hematomas, algum destes sintomas é recorrente?
    A toxina é injetada por agulha hipodérmica, bem fina, portanto, é muito provável que cause efeitos secundários muito suaves na área tratada. Hematomas são efeitos colaterais comumente relatados, vermelhidão e leve inchaço também, mas em ambos os casos, essas reações desaparecem já nas primeiras horas.

    O surgimento de hematomas é muito recorrente em pacientes que fazem uso de aspirina ou medicamento similar. Neste caso, é importante e recomendável notificar o médico sobre o uso destas medicações antes da realização do procedimento.

    Aplicações de gelo, antes e após a injeção, pode ajudar a aliviar estes efeitos.

    Tomar sol após a aplicação mancha a pele?
    É aconselhável evitar o banho de sol por pelo menos 10 dias, se a exposição ao sol for inevitável, o paciente deve consultar o dermatologista e utilizar um bom protetor solar. Manchar a pele é uma reação muito rara, caso aconteça, existem cremes que fazem as manchas desaparecer sem perder o resultado esperado pela aplicação do botox.

    Quais cuidados que devem ser tomados após a aplicação?
    Após aplicar a toxina, o paciente deve evite deitar por 4 horas, para permitir a adequada distribuição do produto na pele; evitar massagens e limpezas de pele por 24 horas;
    Evitar o uso de cosméticos e produtos para a pele por 24 horas e maquiagem leve é permitida após 6 horas;
    Exercícios físicos no dia da aplicação de botox não devem ser realizados, aliás, é aconselhável esperar, pelo menos, dois dias para voltar as atividades físicas normalmente, os movimentos bruscos podem provocar a migração da toxina para músculos onde o relaxamento não é desejado, podendo desencadear uma reação adversa, como por exemplo, ptose palpebral (queda de sobrancelha).
  • Bruxismo


    Bruxismo 
    é uma desordem funcional que se caracteriza pelo ranger ou apertar dos dentes durante o sono. Durante o dia ocorre o apertamento, formando um problema progressivo onde o paciente perde os parâmetros e só percebe que tem bruxismo se prestar atenção na própria tensão muscular ou se alguém ouvir o ranger noturno.

    Pacientes geralmente sentem fortes dores de cabeça, apresentam os dentes com desgastes severos e alguns com mobilidade dental. Isso acontece porque a compressão exagerada dos dentes pode levar à isquemia dos vasos que entram no ápice da raiz e depois à necrose dos vasos, dos nervos e da polpa dentária. Nos casos mais graves, podem ocorrer também problemas ósseos, na gengiva e nas articulações mandibulares. As causas podem ser fatores genéticos, a situações de estresse, tensão emocional, ansiedade, ou a problemas físicos de oclusão ou fechamento inadequado da boca, por exemplo. Não se sabe exatamente por que, o bruxismo acomete 15% das crianças e afeta indistintamente homens e mulheres.

    A incidência tende a diminuir com o passar dos anos. Quando o problema se manifesta durante o dia, recebe o nome especial de briquismo. O diagnostico é feito após o aparecimento de algumas complicações. Após reconhecer o problema, o dentista deve fazer um 'check-up da boca', eliminando os fatores com aparelhos e desgastes seletivos dos dentes, pontos que impedem o perfeito encaixe dos dentes. Mas não é tudo, a polissonografia é um exame importante para identificar o grau do distúrbio e orientar o tratamento. Pacientes com bruxismo tem um termômetro psicológico na boca.

    O melhor é perceber que o problema não vem do nada e tentar achar as causas do dia a dia. Não se conhece, ainda, um tratamento eficaz para curar o bruxismo. Medicamentos ansiolíticos são úteis para o controle dos quadros de estresse e ansiedade que podem estar associados, mas não são a causa do distúrbio que, aliás, não está suficientemente esclarecida. Os recursos mais indicados para o tratamento, porém, são as placas interoclusais flexíveis de silicone ou as placas rígidas de acrílico, moldadas segundo o formato da arcada dentária do paciente.

    Elas ajudam a restringir os movimentos dos músculos mastigatórios e a reduzir o atrito que provoca o desgaste e o abalo dos dentes.

    Recomendações: Consulte o dentista com regularidade. Evite apertar os dentes, quando estiver empenhado em uma tarefa ou situação mais complicada. Procure não mascar chicletes ou mordiscar sistematicamente objetos duros, como pontas de lápis e canetas, por exemplo. Faça exercícios. A prática regular de atividade física ajuda a controlar o estresse e as crises de ansiedade que podem favorecer o apertar dos dentes. Não se esqueça de colocar a placa interoclusal antes de dormir. Se o problema se manifestar também de dia, use-a sempre que possível.
  • Cirurgia Dental


    Essa é a especialidade odontológica responsável pelo tratamento de problemas relacionados aos dentes e ossos da região da face, que vai desde a remoção de dentes inclusos (como o siso), até a realização de enxertos ósseos e posterior colocação de implantes, além de intervenções em alterações patológicas, malformações estruturais e traumas dos ossos da face.
  • Clareamento Dental


    clareamento dental visa a recuperação da cor original dos dentes, perdida em algum momento durante a vida em decorrência de vários fatores. Serve também simplesmente para promover um branqueamento dos dentes originalmente mais escurecidos. A utilização de agentes clareadores nos dentes já ultrapassa um século, e com o desenvolvimento de novos materiais, tem se mostrado um meio cada vez mais eficaz e seguro de se obter uma estética dental satisfatória.

    Existem basicamente dois tipos de clareamento dental:
    Clareamento Caseiro: a maior parte do tratamento é realizada pelo próprio paciente, o qual utiliza o agente químico dentro de uma moldeira adaptável aos dentes. Estes materiais são fornecidos pelo cirurgião-dentista, que irá supervisionar o tratamento através de visitas periódicas do paciente ao consultório.

    Clareamento realizado no consultório: o dentista irá aplicar sobre os dentes um agente químico oxidante bem mais potente. Durante a aplicação, a gengiva, lábios e bochechas são protegidos de forma que o clareador não provoque queimaduras. Sobre o clareador é aplicada uma fonte de energia ativadora que pode ser luz halógena ou determinados tipos de laser que irão promover uma intensificação do clareamento. Dessa forma, o clareamento é realizado em apenas uma sessão.
  • Dentistica Restauradora


    Especialidade da odontologia mais conhecida como odontologia estética, é responsável por cuidar da cosmética e da restauração dental. Tratamentos feitos com a finalidade de devolver de forma segura e confiável a naturalidade de um dente. Conhecida popularmente por obturações, as RESTAURAÇÕES dentárias são feitas com materiais próprios, resistentes e duradouros devolvendo a forma e função do dente danificado.

    Entre outros serviços, os profissionais dessa especialidade tratam do clareamento dos dentes, peeling gengival e facetas estéticas. O seu principal foco é a estética, ainda que a restauração de dentes também seja uma medida importante para a SAÚDE INDIVIDUAL, já que a permanência de cáries pode causar problemas de vários níveis.
  • Endodontia


    Conhecida no mundo todo como tratamento de canal, essa especialidade cuida de toda parte interna do dente. O tratamento consiste na remoção de um tecido mole localizado no seu interior com um sistema de vasos sanguíneos, corpos linfáticos e nervos, denominados polpa, indo da câmara pulpar até a raiz de cada dente.

    Esse nervo é responsável pela nutrição sensibilidade do dente. Se a câmara do nervo do dente se infecta devido a uma cárie ou sofre lesão por um traumatismo, freqüentemente o tratamento do canal da raiz é a única forma de salvar o dente. O dentista elimina a polpa danificada ou infectada e a substitui por uma obturação especial, que ajuda a manter o resto da estrutura dental.

    Algumas indicações que apontam a necessidade do tratamento do canal da raiz podem ser:
    Dor espontânea ou aguda ao morder
    Sensibilidade a alimentos quentes ou frios
    Cárie severa ou lesão que cria um abscesso (infecção) no osso
  • Estética Dental


    estética dental em suma, é a Beleza do dente. É trazer de volta o sorriso de cada pessoa devolvendo qualidade de vida, saúde, segurança e principalmente autoestima
  • Facetas de Porcelana/Lentes de Contato


    Um dos procedimentos mais avançados na estética bucal atual é o uso das facetas de porcelana, consideradas por muitos profissionais como o avanço científico do século na área de odontologia e estética. Atualmente é o procedimento estético mais procurado por pessoas.  As facetas de porcelana podem melhorar muito o sorriso, recuperando também a autoconfiança e autoestima, já que podem clarear os dentes, corrigir a dentição torta e manchada, diminuir a distância entre os dentes, aumentar o tamanho, corrigir curvatura, melhorar o formato, solucionar a aparência do esmalte dental desgastado, entre tantas outras indicações.

    A decisão do tratamento com facetas de porcelana depende de alguns fatores: Necessidade estética, Melhora da função mastigatória, Expectativa do paciente, Integridade da estrutura dentária remanescente e Durabilidade. Esse procedimento estético bucal começa com fotografias dos dentes, do rosto, do sorriso, radiografias, moldagem para confecção de modelos de estudo, onde as modificações são feitas com cera sobre o modelo, permitindo a confecção do mock-up (prévia de como ficará os dentes) podendo ser mostrado ao paciente antes mesmo do tratamento e a Confecção dos provisórios e das facetas propriamente ditas.

    O tempo entre o preparo e a colocação das facetas é de uma semana ou duas sessões:
    Uma para preparar os dentes, moldar e fazer os provisórios.
    Outra sessão para a cimentação (colagem).
  • Implantodontia


    É a especialidade da odontologia que através de um processo cirúrgico, na maioria dos casos realizado no próprio consultório do dentista, implanta-se de uma forma segura, uma peça (parafuso) geralmente de titânio, no interior do tecido ósseo na área onde ficava a raiz do dente ausente. O titânio tem a propriedade única da osseointegração, ou seja, de incorporar-se ao osso.

    Esse processo geralmente requer um tempo de 21 dias a seis meses de espera para que seja colocado o dente sobre o implante. Uma vez colocados, os implantes permitem ao dentista montar dentes substitutos (próteses) sobre eles. A aplicação da implantodontia é indicada tanto para repor a perda de um único dente ou, até mesmo, todos os dentes da arcada.

    Carga imediata: Técnica que visa à colocação do implante (parafuso de titânio) e da prótese (parte visível do dente que fica para fora da gengiva) sem um tempo de espera entre uma etapa e outra.
  • Laserterapia


    É um tratamento indolor feito com a aplicação de raios laser onde irá acelerar recuperar lesões em ossos, músculos, nervos e tecidos da face. De um modo geral o laser não cirúrgico tem uma série de indicações e pode ser usado isoladamente ou como coadjuvante de outros tratamentos sempre que necessite de um efeito local (já que estimula a microcirculação e o trofismo celular local) ou ainda quando necessite de um efeito terapêutico geral. Promove o alivio de dores de diversas etiologias, incluindo hiperestesia dentária, dores de origem pulpar, dores nevrálgicas, dores em tecidos moles, mialgia, dores de pré e pós-operatório.

    fotobioestimulação por laser tem sido empregada após o tratamento endodontico (canal) de um dente, bem como nos casos de lesões traumáticas, viróticas ou de pós-operatórios, promovendo uma reparação tecidual mais rápida e com padrão de qualidade histológica superior. Tem também o efeito antiinflamatório, antiedematoso e normalizador circulatório. 
  • Microscópio


    CRICADENT utiliza a tecnologia da microscopia odontológica como diferencial nos seus tratamentos de canal. O microscópio na odontologia traz maior segurança nos procedimentos realizados e confere maior precisão no diagnóstico.

    Microscópios operatórios são aparelhos já utilizados há várias décadas e apresentam-se como recurso indissociável a uma prática de excelência em odontologia.

    O microscópio aumenta em cerca de 40 vezes a imagem real tornando a remoção da infecção, a limpeza e o preenchimento do canal radicular em um processo mais dinâmico e preciso. Ao permitir que o endodontista visualize os canais radiculares com maior amplitude, exatidão e maior iluminação por fibra óptica, o procedimento se torna menos invasivo, o que aumenta a efetividade e durabilidade do tratamento.

    Com isso tenha a certeza de que a qualidade no diagnóstico e no tratamento passado por esse instrumento de trabalho será imprescindível para o resultado final.

    Suas vantagens para uso clínico já são reconhecidas pela medicina há mais de 75 anos.

    Microscópio odontológico pode circular em todas as especialidades da odontologia fazendo com que o clinico busque a melhor qualidade no resultado final do tratamento prestado.

    As principais utilizações são:
    1-) Tratamento de canais e retratamento de canais corrigindo alguns tipos de perfurações e trincas; Dentes com canais calcificados com grande chance de sucesso; Fraturas de instrumentos (limas) dentro dos canais;
    2-) Remoção de pinos de retenção; Parafusos que fixam os dentes sobre os implantes que muitas vezes fraturam e são minúsculos;
    3-) Preparo de dentes com mínimo desgastes para uso de lentes de contato dental. Preparo de dentes para coroas e pontes metálicas.
    4-) Checagem na adaptação de restaurações e próteses. 

    Se você procura excelência em tratamentos odontológicos efetivos e eficazes, nossos especialistas terão um grande prazer em atendê-lo.

    Temos certeza que você ficará satisfeito com os resultados obtidos com o auxílio da microscopia odontológica.
  • Ortodontia e Ortopedia


    Essa é a área da Odontologia que estuda o crescimento e desenvolvimento da face, bem como o desenvolvimento da dentição decídua (de leite), mista e permanente e seus desvios de normalidade, prevenindo, interceptando e corrigindo as más oclusões dentárias.

    A função principal do tratamento ortopédico é guiar de forma segura, o crescimento dos dentes e ossos da face, evitando possíveis problemas de respiração, postura e fala. Também servem para corrigir, evitar e melhorar problemas relacionados a ATM e dores Orofaciais. A função principal do tratamento ortodôntico é restabelecer a oclusão dentária (perfeito engrenamento dos dentes superiores com os inferiores), que é fundamental para a correta mastigação e, consequentemente, a adequada nutrição e saúde bucal. Com o restabelecimento da oclusão, evitam-se problemas relativos à respiração, deglutição, fala e articulação temporomandibular (ATM). Não existe idade máxima para a realização de tratamento ortodôntico, embora no paciente adulto alguns cuidados especiais devam ser tomados, principalmente em relação aos tecidos de suporte dos dentes, que podem chegar a contraindicar o tratamento (problemas periodontais). O tratamento ortodôntico, no início, causa certa sensibilidade, principalmente na fase de colocação do aparelho.

    Após essa fase, existirá algum desconforto para o paciente cerca de 24 a 48 horas após os ajustes praticados pelo ortodontista. Quando o tratamento é bem planejado e executado por profissional qualificado, não existem riscos maiores ao paciente, desde que este siga todas as instruções dadas, principalmente quanto ao aspecto de higiene bucal, pois os detritos podem causar problemas gengivais, periodontais, manchas brancas ou mesmo cáries dentárias.

    Podem ocorrer pequenas acomodações pós-tratamento, ligadas ao crescimento e às alterações funcionais. Essa tendência é normalmente bem controlada e minimizada através de um bom planejamento ortodôntico.

    Tipos de Aparelhos
    Aparelhos fixos: unidos aos dentes através de uma substância adesiva ou cimento, são compostos por bráquetes (metálicos, plásticos ou cerâmicos), tubos e anéis, que suportam o arco metálico responsável pela movimentação dentária. Permitem maior movimentação dos dentes e independem da colaboração do paciente.

    Aparelhos removíveis: encaixados na boca, podendo ser retirados pelo paciente ou pelo ortodontista, e dependem da colaboração do paciente. Podem ser ortodônticos, os quais realizam pequenas movimentações dentárias, ou ortopédicos utilizados nas correções de alterações esqueléticas (ósseas).
  • Periodontia


    Especialidade odontológica responsável pela prevenção e tratamento das doenças que acometem os tecidos de sustentação e proteção dos dentes (tratamento da gengiva e do osso). Uma Infecção causada por bactérias, afeta os tecidos que rodeiam os dentes, caracteriza-se pela formação de um espaço indesejável entre a gengiva e o dente, chamado de BOLSA periodontal, a qual favorece o acúmulo de resíduos alimentares e bactérias.

    Doença Periodontal é a principal causadora da perda de dentes em adultos. A sua prevenção pode ser feita unicamente removendo a placa bacteriana através de limpeza bucal doméstica com fio dental e escova, mais limpezas periódicas feitas pelo dentista. O sinal mais característico da Doença Periodontal é o sangramento, mas devemos estar atentos também para alterações na posição dos dentes, mobilidade, retrações gengivais, retenções de alimento, inchaço etc. O tratamento é feito com a remoção da placa bacteriana aderida através de raspagem e alisamento das raízes dos dentes. Quando os instrumentos de raspagem não atingem toda área da raiz comprometida, as cirurgias são indicadas, para facilitar o acesso.

    Doença Periodontal pode deixar como sequelas, alterações estéticas como deslocamento na posição do dente, retração gengival com consequente aumento no comprimento do dente, que através de procedimentos cirúrgicos e protéticos podem minimizar esses defeitos. 
  • Placas Antironco


    apneia obstrutiva noturna, ou apneia do sono, é decorrente da flacidez dos tecidos da garganta, que acabam por obstruir a passagem do ar. Roncar alto, não importa a posição em que se está deitado, acordar cansado, com a boca seca, ou com dor de cabeça, são sintomas deste tipo de apneia. Pesquisas vêm demonstrando que 40% da população ronca e esse percentual aumenta para 60% nos homens com mais de 60 anos de idade.

    O distúrbio caracteriza-se por interrupções da respiração durante o sono que acontecem em intervalos de dez a trinta segundos. Frequentemente, a pessoa não percebe que desperta durante a noite para recuperar o ar antes de voltar a dormir. Nos casos mais graves, o "dorme-acorda" pode se repetir até 300 vezes! As consequências para a saúde vão de simples sonolência diurna e dificuldade de concentração, a problemas cardíacos como hipertensão, infarto, derrame e até mesmo morte súbita. Os obesos são mais propensos a sofrer do problema. A Placa Antironco é feita a partir de duas placas acrílicas, superior e inferior conectadas, que mantém a mandíbula posicionada de forma a abrir o espaço da garganta e liberar a passagem do ar durante o período de sono.

    O aparelho apresenta a solução do problema em 87% dos casos de ronco e apneia, contra 20 a 40% dos casos tratados cirurgicamente.
  • Próteses Dentárias


    Área da Odontologia destinada à reconstrução e reposição de elementos dentários danificados ou perdidos, devolvendo ao paciente as características e funções mastigatórias, estéticas e fonéticas, além de recompor e proteger funções articulares.

    A mastigação correta dos alimentos é fundamental para qualquer indivíduo. Corrigindo a dentição, irá prevenir ou até eliminar problemas de digestão que surgem com o fato dos alimentos serem mastigados de forma deficiente.

    É inegável que um sorriso com a dentição completa tem BENEFÍCIOS claros: aumento da autoestima, autoconfiança do paciente no trabalho e nas relações pessoais torna-se superior. Sem dúvida sua fala se tornará mais clara e perceptível.

    E nem será necessário demonstra-lhe os benefícios inegáveis desta melhoria.

    Existem alguns tipos de Próteses.
    Removíveis: São Próteses parciais ou totais que irão substituir a ausência de um ou mais dentes perdidos devolvendo a estética e a função (mastigação). Devem ser removidas após a alimentação para limpeza dos dentes e da Prótese e recolocadas em seguida pelo próprio paciente.

    Fixas: São Próteses parciais ou totais confeccionadas sobre os dentes remanescentes devolvendo um ou mais dentes perdidos. O paciente deve fazer a higiene com auxilio de alguns produtos específicos além da escova e pasta convencional, para limpeza dos dentes que a seguram e da Prótese. Também podem ser confeccionadas sobre implantes dentários.

    Overdenture: Próteses Totais (dentadura) removíveis fixada sobre dois ou mais implantes dentários devolvendo a estética, função e fonação. Devem ser removidas para higiene e limpeza da Prótese e também dos implantes que fazem sua fixação.

    Protocolo: Próteses Totais (dentadura) fixadas em cima de quatro a seis implantes onde somente o dentista consegue sua remoção. O paciente com auxilio de alguns produtos especiais além da escova e pasta convencional faz a limpeza da Prótese e dos Implantes.